Testemunho | Mylena

18:58


Minha história não é muito diferente das outras meninas da nossa idade.  Mas essa, vale a pena de ser ouvida. Eu sempre fui muito alegre e animada desde pequena, considero isso minha maior qualidade. Minha mãe me dizia que eu já acordava sorrindo, gostava de todo mundo e era muito "elétrica". Na verdade, até hoje sou assim. Mas nem sempre fui assim. O ruim de deixar de ser criança é isso, você muda e nem sempre para melhor. Para começar, eu nunca fui magrinha. Quer dizer, eu sou magra, mas não magra como diz a mídia. A medida que fui crescendo eu fui percebendo isso e a cada dia a mídia colocava isso na minha cabeça. Com isso fui ficando muito mal humorada, chata com todo mundo. Minha mãe sempre me dizia para deixar com isso, mas eu era muito cabeça dura. Depois dessa fase veio as paixões. Isso me destruía pelo fato de eu ser muito nova, nunca fiz nada de errado mas mesmo assim ficava com culpa e com medo de que minha mãe descobrisse. Mas não tinha força para esperar a pessoa certa. Para todo lado que eu ia tinha alguém interessante que fazia meu coração bater mais rápido. E assim eu fui crescendo, paixões, desilusões e mais raiva de mim mesma por não ser magrinha. Mas a medida que o tempo passava, tudo ficava pior. Principalmente minha complexidade. Eu não queria comer, tinha vergonha de ir à praia por vergonha de ficar com biquíni, mesmo quando alguém me elogiava dizendo que eu estava mais magra eu não acreditava, colocava sempre na minha cabeça que teria de emagrecer mais. O tempo foi passando e eu não queria mais o meu cabelo ondulado, como todos diziam  que cabelo liso é mais bonito, eu decidi colocar química. Comecei a me maquiar para me sentir mais bonita. Para me parecer com as minhas amigas. Elas eram a minha inspiração. Depois chegou os ídolos, cantoras, atrizes, e eu queria ser igual a elas. Sempre bonita e sorridente. Eu não sabia o quanto o sorriso é enganoso. Existem muitas famosas magras que se detestam e se enxergam gordas. É um complexo que nenhuma mulher escapa, nem aquelas que parecem ser felizes porque estão bonitas, magras, com milhões de roupas no armário.

Você ainda está aí? Calma, já está no final eu prometo.

Eu passei quase 4 anos vivendo essa triste realidade. Mas Deus colocou um anjo na minha vida. Esse anjo me mostrou a salvação. Desde que eu era pequena minha mãe me levava para a igreja. Muitas vezes eu ia forçada. Outras vezes eu ia e não estava lá, estava distante, muito, muito distante. Mas minha mãe orou tanto por mim e pela minha irmã que ela finalmente teve sua vitória. Suas duas filhas estão no caminho de Jesus. Eu comecei a me sentir melhor quando estava indo para igreja, mas no começo eu sentia que faltava alguma coisa. Meu complexo ainda estava lá. Eu comecei a ler livros de psicologia para aumentar minha autoestima e vencer meus complexos. Depois de algum tempinho me ajudou muito. Eu me sentia melhor, mais especial, mas ainda faltava alguma coisinha. Eu aprendia muita coisa quando lia, por isso minha mente ficou mais aberta. Quando eu ia para igreja eu via que tudo se encaixava. Que isso tirava a minha tristeza. Hoje, estou fazendo escola bíblica para me batizar. Mas não foi fácil chegar até aqui. Eu aprendi muita coisa. Aprendi que antes de amar um homem, tenho que amar primeiro a Deus, depois a mim mesma. Você não pode ter um caso de amor com um homem antes de ter um caso de amor com você mesma e claro, com Jesus. O teu príncipe vai chegar, e você vai saber que é ele se ele te respeitar, te amar não pelo que você tem, mas pelo que você é, e claro ele será um servo de Deus. Aprendi que para você se sentir bem por fora, primeiro tem que se sentir bem por dentro e que dependendo das suas características, Deus te ama incondicionalmente, afinal Ele deu a própria vida por você. A caminhada é longa, mas a chegada vale muito a pena. Hoje, eu amo Deus mais do que tudo na vida, estou esperando com paciência a promessa de Deus na minha vida, estou esperando com muita calma o meu príncipe e hoje eu consigo me amar. Deus tem um plano maravilhoso para cada uma de vocês, tem um casamento para vocês, tem um final feliz já escrito para cada uma de vocês. Você só precisa de fé e paciência. Apenas isso!

Nós te recomendamos essas leituras

0 comentários