Moda Cristã

Tendências: Onda Mullet

21:31



"Mullets?" Que moda é essa!

Você com certeza já viu essa trend em alguma vitrine, não é? Ou até mesmo nas ruas! 

Essa nova onda, que de nova não tem tanto assim (hehe'), vem beneficiando principalmente as moças cristãs, pois somos conservadoras (e elegantes!), afinal, fazemos parte de uma Nobreza, concordam?! 

Mullet é um corte de cabelo curto na frente e longo atrás. Foi muito popular no início dos anos 80 até o início da década de 90. E pode crer que esse corte fazia um sucesso entres os mens da época! 

Será que os rapazes de hoje em dia apoiariam a volta? rs'


Pois é, essa trend voltou com tudo, só que dessa vez em vez de estar nos cabelos, está nos looks da mulherada. (Ufa! Ainda bem! kkkkkk')






Se você é das tímidas na moda, como eu hahaha', e não tem coragem o suficiente para arriscar no vestidão ou na saia radical, que tal essas blusinhas no mesmo estilo?! Simplesmente apaixonei! *---*



Fotos: GoogleImages *Algumas foram editadas! 
Se alguma dessas é de sua autoria, favor entre em contato para que sejam dados os devidos créditos.

E aí, meninas, gostaram dessa nova onda?

Não esqueça de deixar seu comentário!

Abraços,


Edificação

Os papéis de Jesus

19:53



Jesus tem dois papéis superimportantes em nossa vida. O primeiro é o de Salvador:"Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido." Mateus 18:11

O Salvador tem por objetivo nos salvar, é óbvio rs'. Vamos comparar o salvador com um bombeiro. Imagine um incêndio numa casa e os bombeiros chegam para salvar aquela família e naquele tumulto todo uma jovem se aproxima do bombeiro e diz:

"Será que você poderia me ajudar numa situação pessoal? Eu estou precisando muito de um conselho seu, me apaixonei por um garoto e não sei o que eu faço!Estou triste e sem direção, será que você tem uma Palavra para me dar?"

Na verdade o bombeiro a achará louca e diria no mínimo: Minha filha, o meu trabalho é salvar vidas! 

Muitos tem Jesus por apenas Salvador, pois Ele é isso sim. Ele morreu naquela cruz para nos salvar, mas além disto tudo Ele também é o nosso SENHOR.  Ter Jesus como nosso Senhor vai muito além do que apenas O admirar, ou só ser grata por Ele nos salvar. Ter Jesus como Senhor é deixar que Ele te direcione nas decisões que você tomará, é se render totalmente à vontade dEle para sua vida, é também deixar que Ele cuide de seu coração. 

Porque Ele se importa com você, Ele compreende os seus caminhos e não desiste dos sonhos que Ele tem para sua vida.

Para saber se Jesus realmente tem sido o Senhor da nossa vida precisamos fazer um teste. Tente imaginar um banquinho na sua vida, este banquinho está vazio. O seu objetivo é colocar tudo o que está em seu coração em cima dele. Seus sonhos, seus objetivos, as pessoas importantes para você. Mas espera um pouco, o banquinho só tem lugar para uma coisa. E esta ocupa bastante parte do seu tempo, dos seus pensamentos.

Esta coisa é a que você mais ama, e que você jamais abriria mão. Para Jesus ser o Senhor da sua vida este lugar deve ser dEle, e com Ele os sonhos dEle, os desejos dEle para sua vida.  Se você passar a entender esses planos que Deus tem para sua vida, saberá que a cada minuto que você vive para Ele vale muito a pena!

Desde o começo o desejo de Deus sempre foi ter um povo separado para Si, para que O adorasse e O servisse. Mas quando nos deparamos com este mesmo Deus no Novo Testamento, Ele nos revela algo sobre Ele. Ele nos revela o Seu AMOR, revela que se importa, na verdade Ele sempre se importou. Mas no Novo Testamento Ele deixa isto muito claro, através do sacrifício da Cruz.

Princesa, Deus se importa com você e deixar Ele ser o Senhor da tua vida é você simplesmente dizer:
 "Deus eu me rendo, eu desisto de viver conforme a minha vontade e se eu precisar de algo eu sei que Te tenho. Se eu precisar de um conselho ao tomar escolhas eu sei que Você quer o melhor para mim. Sei que os seus planos para minha vida são maiores que os meus e eu renuncio todos eles para viver os Seus."

Deus não quer ser só Senhor da sua vida em uma só área, mas Ele quer em todas. Mas entregue-se à Ele. E deixe que Ele execute os planos dEle sobre a tua vida e saiba que o MELHOR, só Ele tem. Para Deus ser o Senhor da tua vida, deixe Ele ser um Pai que quer cuidar de sua filhinha!

Testemunho

Testemunho | Raiza

23:48


Eu queria compartilhar meu testemunho, pois acabei de ler o desabafo de uma jovem que se afastou da presença do Senhor e está tendo dificuldades para voltar e queria contar-lhe minha história, pois REALMENTE SEI o que ela está passando. Bem, deixe-me começar pelo começo. Eu aceitei Jesus como meu único e suficiente Salvador aos 14 anos de idade. A vida inteira fui católica apostólica romana praticante. Daquelas de rezar terço todos os dias... E sempre confrontava os evangélicos, que sempre me confrontavam com a Bíblia. Eu não sabia nada da Bíblia e pensei: "Deus, por que eu não sei nada da Tua Palavra se também sou cristã?". Então, me decidi que iria ler a Bíblia Católica que havia em minha casa para "discutir com os crentes" na ponta da língua. Mas, para minha surpresa, eu não entedia nada da Bíblia. Muitos livros, versículos, etc. Até que li os 10 Mandamentos em Êxodo 20. Me choquei ao ler sobre as imagens e idolatria, mas o foco do assunto não é esse... O fato é que lendo a Bíblia, quis conhecer Jesus e visitei uma igreja evangélica. Tive uma experiência incrível com o Senhor e o aceitei. Com 15 anos, passei pelo batismo nas águas. Com 16 anos, comecei a ter muitos problemas na igreja, com outras pessoas e espiritualmente também. Então, as lutas me cansaram, eu deixei elas me vencerem e assim eu decidi sair da igreja.

Com 17 anos, tive meu 1° namorado. Fora da presença de Deus, perdi a virgindade. Me entrei para ele de coração, corpo e alma. Fui traída, humilhada e decidi me render ao mundo. Baladei com as amigas. Bebia muito, ficava muito!  Mas, dentro da balada, eu senti um vazio e fui para um canto onde sentei, orei [isso mesmo, orei] e chorava muito. Eu sabia que estava longe da vida que Deus sonhou para mim. Foi então, que conheci meu "ex" noivo. E dali, tentei voltar para casa de Deus. Mas ele nem se quer conhecia a Palavra. E dizia que "jamais namoraria uma menina crente!" Por causa do pecado da fornicação e por amar mais ele do que o Senhor [ dá vergonha falar isso], mas uma vez adiei minha volta. O tempo passou, ele me deixou e eu fui traída e ferida DE NOVO. Desabei! Fui ao chão! Me sentia inútil, perdida e sem valor nenhum. Comecei a frequentar a igreja, mas mesmo assim, "frequentava as coisas do mundo" também. E no meio de uma festa, com bebida alcoólica e tudo, eu conheci meu terceiro namorado. Mas dessa vez foi diferente. Ele nasceu em berço evangélico. É líder de ministério de louvor. E dedicado e participativo aos compromissos de sua igreja. Começamos a namorar, e querendo ou não, ele me edificou muito. Comecei a frequentar novamente a casa do Senhor e ouvir o evangelho. E fora que ele orava comigo e me ajudava muito. Mas um dia surgiu o assunto: VIRGINDADE. E eu não menti para ele, falei que não era mais virgem. A partir dali, as coisas mudaram. Eu percebi que ele ficou mais atrevido na hora de namorar. Enfim, depois de muita resistência minha, pois mesmo na situação que eu estava eu conhecia a Palavra, a gente teve relação. O que aconteceu depois? Terminamos. Pois ele percebeu que eu "não era menina para ele". Ninguém faz ideia do quanto isso doeu! Eu me rasguei, mas dessa vez me rasguei na presença do Pai! Eu sofri muito, mas através desse sofrimento, eu voltei para o Senhor! E por inteira! Através dessa decepção eu me vi na condição de Filha Pródiga. E praticando Mateus 6:6, pois foi dentro do meu quarto, clamando de joelhos, que me converti e firmei um propósito com Deus:  EU NÃO QUERIA MAIS O MUNDO! EU NÃO QUERIA MAIS NADA QUE NÃO FOSSE DA VONTADE DELE. NO MUNDO EU SÓ COMI COM OS PORCOS, MAS NA CASA DO MEU PAI, ME LEMBREI QUE ATÉ UM SERVO COME COM MAIS DIGNIDADE! Eu me arrependi de verdade. E hoje estou firmada na presença de Jesus, e glória a Deus por isso! Eu sofri muito! Voltei pela dor. Mas estou aqui! E não, irmãs, eu não sou uma frequentante da igreja de Deus, não. Eu sou a igreja. Eu sou membro. E vivo para Ele. Ele tem me ensinado através da vida de seus servos sobre SANTIDADE E PUREZA. Duas qualidades que perdi no mundo. O meu Deus começou uma obra maravilhosa de transformação. Eu deixei as práticas do mundo e apelo a você que está desviada: LEIA LUCAS 15! O SENHOR NÃO DESISTIU DE VOCÊ! DA TEMPO SIM! NÃO DEIXA O DIABO DE FRAGILIZAR POR CAUSA DAS DIFICULDADES, POIS TUDO NA VIDA É DIFÍCIL! VOCÊ PODE E VOCÊ CONSEGUE VOLTAR PARA PRESENÇA DE DEUS! Volte! Pois Jesus te ama! E está esperando por você. Eu sei que meu texto ficou imenso, mas eu peço de coração que o Senhor toque sua vida através Dele. Deus te ama e Ele tem uma nova história para você!

Testemunho

Testemunho | Anônimo II

15:32


Demorei muito para ter coragem e escrever esse texto para vocês, mas vai ser um alerta e um desabafo ao mesmo tempo. Fui da igreja desde sempre, mesmo não sendo de família evangélica, minha família sempre me ensinou o caminho por onde eu deveria andar. Quando eu nasci o médico me deu como caso perdido, mas minha família clamou a Deus e me entregaram para Cristo, assim que saí do hospital eles me levaram à igreja e pediram a Deus pela minha vida. Cresci e vivi no meio evangélico, fui de várias igrejas pois sempre fui de pensar “Vou ficar onde meu coração mandar e me sentir melhor” até que decidi ficar em uma determinada igreja e lá permaneci até os meus 18 anos. A idade onde já estamos, com nossas opiniões formadas e queremos debater sobre elas, às vezes estamos certos, mas às vezes podemos ir por um caminho sem volta e foi assim que foi acontecendo comigo aos poucos. Namorei dos 15 aos 18 anos uma pessoa que era da igreja, mas embora ele fosse um grande homem de Deus, na época eu não achava que deveríamos nos casar e viver juntos para sempre. Com meus 18 anos eu já não estava tão firme na igreja, mas permanecia indo sempre pois Deus sempre foi o meu refúgio e é até hoje. Terminamos o namoro e eu que já não estava tão firme na igreja fui saindo aos poucos. Um ano depois comecei a namorar uma pessoa que conhecia a um ano e que era totalmente meu oposto e mesmo não sendo da igreja me incentivou a continuar caminhando e nunca duvidou ou me fez abandonar a minha fé. Começamos a namorar e eu continuava indo à igreja, ele ia comigo aos poucos, mas eu sabia que a salvação era individual, sempre soube. Mas meu erro foi achar que eu deveria ser igual as meninas “do mundo” para conquista-lo ainda mais. ENGANO. Ele nunca havia me pedido isso, apenas eu CEGA pensava assim. Sempre me “fortalecia” com o mesmo pensamento enganando a mim mesma “Ah eu saí da igreja, mas permaneço com os mesmos pensamentos e comportamentos”.  MENTIRA! Uma vez longe da presença de Deus você irá sim, se tornar cada vez mais distante e consequentemente mais próxima das coisas do mundo.

Eu não vou mentir para vocês e dizer que o mundo é ruim e coisa e tal, pelo contrário, é tudo lindo, mágico, tentador. MAS SÓ POR ALGUNS MOMENTOS. Hoje posso dizer com propriedade que é tudo passageiro e passa tão rápido que você fica simplesmente “louca” e quer sempre mais, mas aí em um determinado momento (se você tiver tempo) as coisas não farão mais sentido e você se sentirá como um nada jogado no meio de um vazio sem ter onde se segurar. Para buscar a presença de Deus de novo será a maior luta de sua vida, sem forças, cega e perdida você desistirá facilmente. Hoje eu posso dizer que sei a falta que o Espirito Santo me faz. Quando eu era da igreja eu achava que sabia o que era o Espirito Santo, mas hoje eu sei o que Ele é verdadeiro, porque eu não O tenho mais e sei o quanto Ele me faz falta. É muita coisa para contar para vocês em uma carta e eu sou péssima para escrever, mas eu senti a necessidade de dizer e alertar a vocês como alguém que está vivendo um momento de muita frustração! Eu tentei o suicídio várias vezes, no período que me afastei da presença de Deus (Não da igreja, mas sim da presença de Deus) eu perdi uma pessoa muito importante na minha vida, a minha mãe, o meu modelo de fé e mulher de Deus, pois bem antes de ficar doente e morrer minha mãe se entregou a Cristo e durante os 5 anos que ela esteve na presença de Deus, ela aproveitou e fez TUDO o que ela poderia fazer. Mas um dia conto para vocês a história da minha mãe. Passei por situações de loucura, euforia e dor, fiz tudo errado, pensei que nada mais valia a pena e entrei em situações e caminhos que praticamente não têm volta e me marcarão para o resto da vida. Perdi o amor da minha vida por atitudes minhas, e queria que vocês entendessem o motivo: não era por ele não ser da igreja, o motivo foi EU ter perdido o foco e não ter permanecido na fé até o fim. Resumindo, eu queria dividir e praticamente implorar uma coisa a vocês: Nunca abandonem a presença de Deus, vocês não têm ideia o quanto é difícil voltar! Não importa se vocês têm familiares e amigos na presença de Deus. É horrível aqui fora, é cruel, é sujo é assustador. Definitivamente NÃO sintam curiosidade não entrem nessa, se você se sentir fraca mesmo não estando fazendo parte de um grupo, dobre seus joelhos, a todo o momento e fale somente com Aquele que é capaz de te mostrar o caminho certo. POR FAVOR, vocês não conseguirão viver longe da presença de Deus. VOCÊS não vão conseguir, mesmo que sua igreja esteja “doente” fraca ou você se sinta assim, NÃO SAIA com a desculpa de que a igreja é você e que um templo não faz diferença e essas coisas do tipo que dizemos É TUDO MENTIRA de um EGO que sempre quer falar mais alto. Se você amar alguém lute por esse alguém, mas lute na presença de Deus, peça a Deus uma resposta, uma mudança, um caminho, mas sempre que seja a vontade de Deus na sua vida.

Se vocês não são da igreja como eu, lute na presença de Deus da mesma forma, peça a Deus uma direção, se humilhe mesmo, mas nunca tente ser quem você não é por causa de nada e nem de ninguém, no final das contas você irá se arrepender amargamente. Meninas, busquem por você como se a volta de Cristo fosse acontecer hoje, pois na verdade pode ser hoje. Evangelizem, muito como se disso dependesse a sua vida, existem muitas pessoas como eu que precisam da sua ajuda, da sua oração (orem por mim). Existe pessoas que talvez quando você evangelizá-las dirá: “Que saco, vocês são chatos, eu não quero ir à igreja” não insistam, mas orem por elas incessantemente, pois na verdade essa pessoa só diz isso da boca pra fora, ou talvez ela esteja tão cega que não consegue ver o que está acontecendo ao redor da vida dela. A maioria das igrejas hoje em dia e os jovens têm se mostrado preocupados com tudo menos com os seus irmãos, tanto os que estão dentro, quanto os que estão fora da igreja. LUTEM uns pelos outros, o mundo está carente do amor de Deus, as pessoas estão andando desorientadas, sem forças e sem perspectiva de vida e vocês tem tudo para fazer isso e ser diferente para alguém. Não desperdicem o tempo de vocês no Facebook ou em rede sociais falando de seus sentimentos íntimos ou vida pessoal, evangelizem da melhor forma, com toda sua força com toda sua fé. Não desistam, não parem de lutar muitas pessoas dependem de vocês.

Cozinha do EMC

Culinária: Cupcake

18:31




Ingredientes da massa:
125g de farinha de trigo ( um pouquinho menos que 1 xícara e meia)
125g de açúcar
125g de manteiga
2 ovos
1/2 colher de chá de baunilha
2 colheres de sopa de leite
1 colher de chá de fermento

Ingredientes do recheio:
200g de chocolate ao leite (ou meio amargo)
1/2 lata de creme de leite

Ingredientes da cobertura:
150g de açúcar de confeiteiro ( 1 xícara e meia )
1 claras
Suco de 1/2 limão



Modo de preparo da massa:
Junte todos os ingredientes, exceto o leite, e bata no processador ou batedeira;
Por último, acrescente o leite e mexa com uma colher ou fouet;
Disponha 15 forminhas de papel em uma assadeira e despeje apenas 1 colher de massa em cada forminha (você pode imaginar que é pouco, mas eles crescem);
Leve para assar em forno quente por 20 minutos;
Espere esfriar, de preferência em uma grade;
Quando estiverem frios, corte uma tampa no bolinho com uma faca pequena;
Trabalhe com muito cuidado para que ele não quebre;
Depois de remover a tampa, aplique o recheio, recoloque a tampa e cubra com o glacê.

Dica:
Não se preocupe se você não tem assadeira para assar muffins e cupcakes ou não tem formas de empada, pode levar ao forno apenas no papel. Use três ou quatro forminhas de papel para cada bolinho, assim não corre o risco de abrir e ficar deformado.

Modo de preparo do recheio:
Derreta o chocolate em banho-maria, acrescente o creme de leite e mexa bem. Para derreter o chocolate no microondas, programa a potência média e leve ao microondas por 1 minuto. Retire, mexa com uma colher e volte por mais 1 minuto. Se não quiser rechear com chocolate, você pode usar doce de leite cremoso ou geleias de sua preferencia.

Modo de preparo da cobertura:
Bata as claras em neve, junte o açúcar e o limão. Espalhe sobre os bolinhos, salpique confeitos coloridos e se delicie!


Fonte da Receita: Tudo Gostoso
Fonte das Imagens: We Hearth It

Like us on Facebook