Testemunho | Farize

17:35


Bom, eu sempre fui feliz, tive uma infância ótima. Tudo começou a mudar mais ou menos a partir dos meus 11 anos. Eu era muito nova, mas já começaram os ''probleminhas de adolescência'' bem cedo. Um certo dia meu irmão percebeu que havia algo errado com a minha coluna, a tranquilidade da minha família acabou. Fui ao médico e ele me disse que eu tinha escoliose. Sinceramente, eu nunca me preocupei muito com isso. Eu até achava legal, acho que eu queria ser diferente. Eu nunca percebi a gravidade da situação, até pouco tempo atrás, quando tudo já tinha passado. Bom, eu tive que fazer uma cirurgia de correção, para endireitar a coluna, e eu sofri bastante nesse período. Eu fiz a cirurgia na capital, onde eu tenho tios que moram lá. Eles são evangélicos. Durante minha recuperação minha mãe se converteu. Eu ainda não tinha me convertido, na verdade nem ligava em ir pra igreja. E no dia que nós iriamos voltar para minha cidade, foi o batismo da minha mãe. Acredite ou não, mas eu acabei sendo batizada junto. Eu nem me lembro direito, só sei que aconteceu e ficou por isso mesmo. Quando eu cheguei eu me lembro de estar meio ''do contra'' com a igreja. Porque eu não disse que queria ser batizada nem nada.

Os problemas maiores começaram quando eu cheguei em casa depois da cirurgia. Conheci alguns amigos na escola. Nós fomos nos juntando e com isso montamos um ''grupinho''. Nós eramos os ''vida loka'' da escola, literalmente. Nós aprontávamos demais, só queríamos saber de ir em festas, sair, eu já não me dava muito bem com a minha família. Nesse período eu tinha uns 13 anos. Nós fomos suspensos por fumar na escola. Me lembro de um dia em que cheguei bêbada na escola.  Ninguém ficou sabendo que eu estava bebendo assim, nem minha mãe, só meus amigos e Deus mesmo. A partir dai as coisas pioraram, eu comecei a sofrer na escola, entrei em depressão. Até tinha tentado me matar, mas ninguém percebeu. Eu estava um lixo, totalmente perdida. E ninguém percebia. As vezes eu queria ter alguém ali que olhasse nos meus olhos e percebesse que eu estava passando por uma fase difícil. Eu estava clamando por ajuda, só pelo meu olhar. Mas ninguém percebeu, e ao contrário do que eu queria, as pessoas começaram a me tratar mal. Com 14 anos, eu já estava péssima na escola, eu passava de raspão, e ainda andando com os mesmos  amigos. Eu ainda estava em depressão, mas ninguém nunca percebia, eu disfarçava muito bem. Eu não me lembro o exato período que eu comecei a frequentar a igreja. Mas eu fui , bem aos poucos me apegando cada vez mais e mais.

 Quando já era claro que eu estava me convertendo. As lutas começaram a vir. Eu amadureci muito nesse período, e ao contrário do que eu esperaria de mim, que sempre pensei que era uma pessoa fraca, eu encarei as lutas e com Deus venci elas, estou aqui hoje contando meu testemunho a vocês porque eu tenho muita fé que Deus tem grandes planos pra mim e tenho certeza que pra sua vida também! Hoje Deus tem me abençoado muito, muito mesmo. Tem prometido coisas grandes na minha vida, está me moldando para ser uma varoa da Sua obra! Só de estar escrevendo este testemunho eu estou fazendo a obra Dele, e Ele está me honrando por isso. Irmãos e irmãs, eu queria dizer que eu tive que abrir mão de muitas coisas para seguir este caminho. A vida é difícil, e o próprio Jesus disse que no mundo teríamos aflições! Ás vezes estamos em nossa zona de conforto e de repente aparece uma prova, uma luta, e nós estamos despreparados para enfrentá-la. Temos que nos preparar, porque o fim está ai. O mundo está caindo nas tentações, mas a igreja do Senhor prevalece e o seu povo está cada vez aumentado mais! Esse é só o começo do meu testemunho, Deus ainda está preparando o resto! Espero que meu testemunho ajude pessoas que estejam passando pela mesma situação que eu ou parecida.

Nós te recomendamos essas leituras

0 comentários