Resoluções e expectativas

13:46

foto: Claudiane Almeida

Olá, você deve estar se perguntando por onde eu andei por esses meses sumida da blogosfera, não é?! Sim, fiquei três meses praticamente fora do ar. Recebi muitas mensagens perguntando se eu tinha desistido e outras me aconselhando a continuar, muito obrigada, meninas. Vocês que acompanham o blog e que me mantém em suas orações, minha gratidão a vocês ♥

O que aconteceu foi que no início achei que fosse capaz de carregar ministério, faculdade e trabalho ao mesmo tempo, mas não consegui, me sobrecarreguei e algo acabou ficando de lado: o blog.

Nesses três meses sem escrever passei refletindo sobre o caminho que estava trilhando, sobre meu verdadeiro chamado, sobre o que Deus esperava de mim. Esse artigo vai falar mais sobre essas resoluções.

Às vezes precisamos parar tudo para conseguir ouvir Deus sussurrando ao nosso coração dizendo "Ei, Eu ainda estou aqui, Eu ainda estou no controle. Confie!". Como é difícil para o ser humano deixar de estar no controle de sua vida, como é difícil deixar outro alguém direcionar suas escolhas e decisões. Como é difícil parar de confiar em si e começar a confiar plenamente em Deus. É uma luta constante e é nesses momentos que temos a oportunidade de aprender a confiar em Deus, mas de verdade mesmo, daquela confiança que mesmo sem ver resultados, mesmo sem ver o caminho, não te deixa perder o chão.

Esses meses para mim em silêncio foram de aprendizado. Houve tantos momentos que tentei tomar as rédeas da minha vida sozinha - perda de tempo. Deus me fez lembrar que não posso acrescentar um dia à minha vida ou um centímetro sequer à minha estatura - quem dera se pudesse (baixinha forever. Risos).

Ele está no controle. E nesse mundo louco, vivendo essa vida de correria mais louca ainda, nada melhor do que ter alguém ao seu lado para te ajudar a não perder o foco, a não esquecer dos seus sonhos, ou melhor - dos sonhos dEle! E principalmente a não desistir. Sim, Deus sempre esteve comigo. Ainda nos dias em que eu me findava em silêncio e deixava de conversar com Ele, ou quando me chateava ao ver que nada ocorria como eu queria.

Ele me mostrou que a verdadeira felicidade não está em viver uma vida de rotinas manipuladas, limites impostos por nós... a felicidade está em viver dias que, ainda que já escritos em Seu livro, nos surpreendem. A felicidade está nos detalhes: sorrisos inesperados,  pequenas vitórias e conquistas do dia-a-dia. A colheita, nem que seja simples, mas que depois de tempos preparando a terra, semeando, regando, cuidando, produzem pequenos frutos.

Muitas vezes estamos vivendo com insatisfação e esta acaba produzindo a infelicidade. Muitos estão vivendo assim, achando que a felicidade está longe, quando na verdade não sabem que são felizes.

Mesmo que as circunstâncias ao meu redor insistam em me mostrar os espinhos, preciso me lembrar que as rosas sempre estiveram ali.

A vida pode ser às vezes incompreensível, injusta, insensível conosco. Mas para tudo há um porquê, em tudo há um propósito. A tempestade não vem tomar o lugar do sol e deixar apenas o dia mais cinzento  e tenebroso, ela vem com o propósito de regar a terra, para que os frutos se desenvolvam cada um ao seu tempo. Assim é a vida. Nem sempre viveremos dias ensolarados, algumas tempestades são necessárias.

Mas antes de se desesperar, guarde isto: as tempestades são passageiras. Ela passa e leva consigo toda lágrima, todo medo, angústia, ansiedade e deixa o sorriso, a segurança, a alegria e a confiança. Deixe Deus no controle de sua vida. É isso que tenho aprendido, a confiar aos meus passos a quem tem o tempo nas mãos.

Abraços,
Claudiane Almeida ♥

Nós te recomendamos essas leituras

2 comentários

Like us on Facebook