Mais ou menos cristão?

16:04


Outro dia, me peguei pensando que às vezes precisamos ser mais cristãos. Mas bem, existe a possibilidade de ser mais, ou menos cristão? Um pouco mais ou um pouco menos seguidor de Jesus, mais ou menos buscando viver em obediência. Isso ainda é ser cristão? 

Se tem algo que é possível observar nas Escrituras é a objetividade nessa questão. Luz ou trevas. Ou frio, ou quente, mornos dão enjoo. Entre a porta estreita e a larga, não existe uma média. Seja o seu sim, sim e o seu não, não. Então como posso querer ser mais cristã ou quem sabe dizer que fulano é cristão de menos?

Isso não existe. Podemos ter inventado o termo "mais ou menos" e isso até soa aceitável nos padrões humanos, mas o parâmetro de Deus é diferente. E realmente, soa estranho. Precisamos ter uma postura e uma convicção daquilo que somos ou não. Se somos, de fato, cristãos, que vivamos de acordo com isso, que não seja apenas um rótulo. É um caminho mais estreito, envolve renúncia e morte do ego diária. Não, não é um conto de fadas, é a real vida cristã. Não há como reduzir os padrões de santidade ou de qualquer ordenança que seja para facilitar as coisas para mim.

Você tem vivido uma vida cristã? É de fato, um cristão?

O intuito dessa reflexão não é para que você possa rotular ou definir "cristão" e "não cristão" e se estiver, que isso pare, mas que sirva para te incentivar a rever suas atitudes. A não andar oscilante entre dois caminhos, duas maneiras, duas condutas de vida. Ora minha vontade, ora a vontade de Deus. 

Que as nossas atitudes possam revelar claramente a quem servimos, que não venhamos ser omissos, que não venhamos deixar dúvidas a respeito do nosso caráter, mas que ao olhar para nós, logo as pessoas possam identificar que Cristo passou pela nossa vida. E onde Ele passa, há mudança de vida, há um novo caráter, não há impureza e nem manias, jeitos, gostos, falas ou comportamentos que pertencem à esse mundo.

Não existem pessoas mais cristãs do que outras, a experiência pessoal de cada um com Deus não faz de ninguém um pouco mais ou um pouco menos seguidor de Cristo. Não importa em qual parte do processo você esteja, seja no início da jornada, ou há muito tempo caminhando, o importante é Cristo esteja nela. Que não venhamos buscar ser um pouco mais cristãos, mas sim verdadeiramente cristãos.


"...rogo-lhes que vivam de maneira digna da vocação que receberam. Efésios 4:1"



Lisa Moraes

Nós te recomendamos essas leituras

0 comentários